Comunicado oficial da nova gestão CESCAGE

 A Advocacia Kfouri & Gorski, por intermédio de seu advogado Dr. Gustavo Swain Kfouri, representa a partir deste momento o Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais- CESCAGE-, após prisão temporária da administradora geral da Instituição, Julia Streski, que se fez com busca e apreensão domiciliar, bloqueio de contas bancárias e bloqueio de bens móveis e imóveis, quebra de sigilo bancário e fiscal, telefone e e-mails. Além dela, também estão envolvidos neste processo Jorge Karam, Ivete Marcowicz e Zilmari Viechinieski, no total de 37 pessoas na operação conduzida pelo COPE – Centro de Operações Policiais Especiais. 

A investigação apontou indícios de atividade criminosa com instalação de quadrilha na Instituição com o objetivo de desviar capitais ou ativos, com uma gestão temerária colocando em risco não só a continuidade das operações do CESCAGE como também a formação de seus quase 3 mil alunos com a possível falência do centro educacional, e os empregos de seus mais de 400 funcionários, sem contar ainda com o prejuízo a terceiros que tal falência poderia acarretar.

Conforme as informações colhidas na fase do inquérito ficou demonstrado em tese que Julia Streski e diversos outros colaboradores preferiram dispor do dinheiro da sociedade em proveito próprio, inclusive para aquisição de veículos e gastos pessoais, em detrimento da manutenção do CESCAGE, pagamentos de salários e tributos. Também consta no inquérito que de maneira deliberada, tentaram e conseguiram de todas as formas escassear os recursos financeiros do Centro de Ensino, além de mascarar, de forma fraudulenta, os resultados contábeis e financeiros da Instituição, buscando até empréstimos bancários com base em documentos falsos. Todas as ações foram perpetradas sem o conhecimento do sócio do CESCAGE e também vítima das ações, Dr. José Sebastião Fagundes Cunha, inclusive com comprovadas falsificações de sua assinatura, como consta nos autos do processo. 

Com a prisão da diretora e seus assessores, uma Comissão está sendo nomeada para gerir a Instituição sem causar danos aos docentes e alunos. Desta forma, o CESCAGE dará andamento a suas atividades normalmente, garantindo à comunidade acadêmica o pleno funcionamento da entidade. 

COMPARTILHE
IMPRIMIR

Leia Também

Alagoas | Amapá | Bahia | Ceará | Distrito Federal | Goiás | Maranhão | Mato Grosso
Minas Gerais | Pará | Paraíba | Paraná | Pernambuco | Piauí | Rio de Janeiro
Rio Grande do Sul | Santa Catarina | São Paulo | Tocantins